o tecido cerebral

O tecido cerebral

Posted on Posted in Conhecer o cérebro

O tecido cerebral – substância branca e substância cinzenta

o tecido cerebralO tecido cerebral consiste em substância branca ou cinzenta, tonalidade macroscópica com significado histológico e funcional.

Partes do tecido encefálico, ou mesmo do SNC, parecem cinzentas e outras brancas. Estas tonalidades dependem dos neurónios que contêm.
O tecido cerebral que contem uma concentração significativa de corpos celulares parece cinzento.

A substância cinzenta tem esta cor porque os corpos celulares contêm núcleos celulares, nos quais está o material genético de cor escura (presença de cromatina).
É na substância cinzenta (córtex cerebral, núcleos cinzentos profundos) que ocorrem quase todas as interações entre neurónios, processos que estão subjacentes ao funcionamento complexo cerebral.
A concentração de corpos celulares mais elaborada no cérebro está organizada na forma do córtex cerebral.

O tecido que contem os axónios neuronais parece branco devido à espessa capa de mielina que rodeia cada axónio.
A mielina, produzida pelos oligodendrócitos, é responsável pela velocidade de processamento de informação no cérebro, isto é, pela velocidade de funcionamento.
Grande quantidade de axónios reunidos enviam informação de uma região de substância cinzenta a outra – são os denominados feixes.

tecido cerebral - fibras de conexãoA substância branca dos hemisférios cerebrais apresenta três tipos fundamentais de fibras:

  • fibras que interconectam os hemisférios ou comissuras (a principal é o corpo caloso);
  • fibras de projeção do córtex cerebral (axónios que ascendem até ao córtex, ou que descendem do córtex para regiões inferiores do encéfalo ou medula);
  • fibras de associação (axónios que conectam regiões diferentes do mesmo hemisfério).

As comissuras (fibras inter-hemisféricas) permitem a conexão entre os dois hemisférios. A desconexão inter-hemisférica tem de ser admitida em alguns casos clínicos (exemplos de agenesia/disgenesia do corpo caloso – corpo caloso ausente ou mal formado, incompleto).

Leucoaraiose é um termo usado para indicar perda da substância branca, que ocorre com o envelhecimento cerebral (habitual).

Quando se observa o cérebro, nota-se que a superfície externa dos hemisférios é formada por um manto de substância cinzenta (o córtex cerebral), que envolve a substância branca, que na sua profundidade apresenta algumas estruturas subcorticais de sustância cinzenta (núcleos de substância cinzenta no diencéfalo, mesencéfalo, protuberância, bulbo raquidiano).

Leave a Reply